Financiamento Climático para Descarbonização

Recursos financeiros são essenciais para financiar a estratégia tecnológica e de descarbonização das empresas
Abgi

Abgi

Time multidisciplinar e especializado em recursos financeiros para inovação, processos e ferramentas.

« Retornar aos conteúdos

A crise climática é uma pauta urgente, por isso, várias alternativas têm sido citadas em discussões ao redor do mundo, e uma das soluções encontradas para esse problema é investir em práticas de descarbonização.

A descarbonização acontece quando substituímos combustíveis fósseis, aqueles que emitem gás carbônico, por fontes de energias renováveis. É de conhecimento de todos a importância dessa troca e as benfeitorias que isso pode causar. Entretanto, o fato é, como isso deve acontecer e por onde começar, ainda é uma dúvida comum das organizações, as quais esperamos contribuir com alguns insights. 

Contextualizando

A taxa anual de descarbonização no mundo deveria ser cinco vezes maior que o ritmo atual para alcançar o objetivo do Acordo de Paris de um aquecimento médio anual de 1,5°C, de acordo com o estudo PwC Net Zero Economy Index 2021. Por isso, empresas e governos estão aumentando suas ambições e ações em relação ao combate às mudanças climáticas.

Os recursos financeiros são essenciais para financiar a transição tecnológica necessária para mitigação das emissões de gás de efeito estufa e adaptação das infraestruturas de cidades, ativos de empresas, e para a sobrevivência das pessoas, cidades, negócios e cadeias produtivas.

Com isso, gostaríamos de apontar alguns desafios e algumas soluções que merecem sua atenção.

Desafios das estratégias de descarbonização

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), braço técnico e científico da ONU, afirmou em seus últimos dois relatórios que há uma dificuldade de acesso a capital no momento de definição da estratégia de descarbonização.

Os países em desenvolvimento, têm mais dificuldade em acessar capital para descarbonização. Geralmente, os recursos vêm dos países mais desenvolvidos para os menos desenvolvidos para subsidiar suas estratégias.

Além dos países, os estados, municípios e empresas passam por essa dificuldade. Para pequenas empresas, há ainda mais barreiras para acesso ao crédito, envolvendo o custo de transação, o custo de captação dos bancos repassado à empresa, e assimetria das informações.

Portanto, uma estratégia de descarbonização precisa também incluir uma estratégica de recursos financeiros para garantir sua execução com sucesso.

Desafios dos recursos financeiros para descarbonização no Brasil

O Brasil possui diversos mecanismos que apoiam o desenvolvimento de projetos de inovação como já abordamos no Mapa de Fomento à Inovação e ESG, porém ainda há incertezas quanto ao retorno dos projetos financiados para os temas climáticos, resultando em condições menos atrativas.

Além disso, há desequilíbrio fiscal no país, o que leva à maior emissão de títulos públicos, gerando o “crowding out”, efeito causado pelo aumento do investimento do governo em determinados setores para aumentar a movimentação do setor, mas que acaba levando a evasão de investimento privado e aumento da taxa de juros.

A inflação constante também aumenta a taxa de juros, reduzindo interesse do mercado. O custo de captação das instituições financeiras é alto no Brasil, isto é, baixa poupança do país e alta inadimplência, também impactando no aumento da taxa de juros.

Este cenário indica que a estratégia de recursos financeiros para projetos de descarbonização das organizações, devem levar em consideração o uso de vários mecanismos em conjunto, o que chamamos de Mix de Fomento. Desta forma, o financiamento dos projetos não fica condicionado a apenas uma fonte de recursos e à volatidade do mercado financeiro.

O financiamento climático, focado em apoiar no desenvolvimento de inovações que promovam a descarbonização, é uma alternativa para as empresas. Veja abaixo algumas alternativas.

Financiamento das estratégias de descarbonização

Cada setor possui desafios específicos, mas no geral, observaremos oportunidades fomento para apoiar projetos com foco nas principais estratégicas de descarbonização, tais como:

    • Economia circular
    • Eficiência energética
    • Uso de energias renováveis
    • Desenvolvimento de produtos, processos e serviços (Inovação tecnológica disruptiva ou incremental)
    • Compensação de emissões
    • Descarbonização da cadeia de fornecedores

Para estes projetos, podemos citar como fonte de recursos:

    • Financiamento bancário
    • Financiamento de agências de fomento à inovação
    • Programas de subvenção econômica
    • Programas de inovação aberta
    • Títulos de dívidas
    • Bolsas de pesquisa
    • Emissão de debêntures
    • Leasing
    • Contratos de performance
    • Contratos de compra antecipada de energia elétrica
    • Mercado livre de energia

Acreditamos que as organizações devem ter um papel ativo no atingimento das metas climáticas, desenvolvendo inovações com impacto local e global. O primeiro passo pode ser incluir a temática ESG como pilar estratégico no negócio, incluindo a área de inovação nas discussões de ações para a descarbonização.

Entendemos que essa estratégia impactará também no balanceamento do portfólio de projetos com metas de curto, médio e longo prazo, considerando parcerias tecnológicas, e recursos financeiros disponíveis no Brasil e em outros países. Por isso, a empresa precisa ter claro o caminho a ser percorrido.

Como implementar?

Atuando próxima às outras unidades do grupo, a Abgi Brasil junto à Absiskey se estruturou para apoiar as empresas nestes novos desafios de criar e operacionalizar sua estratégia de inovação de baixo carbono para os escopos 1, 2 e 3, envolvendo:

  • Apoio na definição de objetivos
  • Mensuração e monitoramento da pegada de carbono
  • Definição e alinhamento da estratégia
  • Apoio na criação de novas rotas de P&D
  • Identificação de fontes de recursos financeiros

 

A Absiskey juntou-se à Abgi França, o braço de consultoria do Grupo Visiativ. Consultoria francesa, fundada em 1988, com objetivo de tornar seus clientes mais inovadores, criando novas estratégias, ferramentas e recursos financeiros, também apoiando as empresas a implementar estratégias de baixo carbono.

Confira o material elaborado pela Absiskey Descarbonização – química e materiais (em francês).

Marina Loures, Diretora de Inovação e Transformação Digital da Abgi Brasil, e Carina Leão, Diretora de Tributos e Relações Institucionais da Abgi Brasil, têm liderado estas discussões dentro da Abgi, estudando os temas e seu impacto na estratégia de inovação e recursos financeiros das empresas, assim como, aprendendo e reunindo frequentemente com especialistas da Absiskey. Estamos disposição para compartilhar estes aprendizados com nossos clientes e parceiros e como podemos apoiar nestes novos desafios, entre em contato com nossa equipe de especialistas.

Escute também Podcast Inovação+ESG: Dificuldades na adoção das práticas ESG no mercado brasileiro.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Posts Relacionados

Comentários