11 boas práticas de gestão e controle de projetos de inovação 

Compartilhamos orientações importantes para garantir o sucesso na execução de projetos e o crescimento sustentável das organizações.
Cíntia Souza

Cíntia Souza

Graduada em engenharia química, especialista em gerenciamento de projetos e em engenharia de processos industriais. Na Abgi, atua na área de gestão de projetos com aplicação de metodologias ágeis.

« Retornar aos conteúdos

Estruturação, governança e sistemas integrados 

Para alcançar resultados consistentes nos projetos de inovação, é crucial implementar práticas eficientes de controle que englobem desde a estruturação adequada da governança até a utilização de sistemas integrados. Neste contexto, a integração de um sistema que gerencie o portfólio de projetos pode não apenas otimizar o controle, mas também apoiar o aproveitamento de incentivos fiscais e das oportunidades de fomento. 

 

Estruturação da governança em projetos 

A governança em projetos refere-se à criação de estruturas e processos que garantam que os objetivos estratégicos da organização sejam atendidos por meio da gestão de projetos.  

A estruturação adequada da governança proporciona clareza nas responsabilidades, melhora a tomada de decisões e estabelece mecanismos de controle. Um modelo de governança robusto define papéis, responsabilidades, processos de tomada de decisão e as métricas-chave para avaliação de desempenho. 

Para mais sobre este tema, recomendo a leitura do texto Gestão de projetos de inovação com foco nos incentivos fiscais à inovação.  

  

Orientações práticas para a gestão de projetos de inovação 

1. Estabeleça um escritório de projetos (PMO) 

Crie um PMO para centralizar e padronizar a gestão de projetos. Este órgão será responsável por definir e manter as práticas, processos e padrões para todos os projetos. 

 

2. Defina papéis e responsabilidades claramente 

Atribua papéis específicos para todos os envolvidos nos projetos. Desde os patrocinadores até os membros da equipe, cada pessoa deve ter responsabilidades bem definidas. 

 

3. Desenvolva uma estrutura de governança hierárquica 

Estabeleça uma estrutura clara de governança, definindo os níveis de autoridade e responsabilidade em diferentes estágios do projeto. Isso assegura que as decisões sejam tomadas pelos indivíduos apropriados. Veja também: Os desafios dos gestores de projetos  

 

4. Crie processos de tomada de decisão 

Desenvolva processos formais para tomada de decisão. Especifique como as decisões serão feitas, quem estará envolvido e como a comunicação será conduzida. 

 

5. Implemente metodologias de gerenciamento de projetos 

Adote metodologias reconhecidas, como Agile, Waterfall, ou uma abordagem híbrida, dependendo das necessidades do projeto. Certifique-se de que todos na organização compreendam e sigam essas metodologias. A adoção de padrões reconhecidos, como o PMBOK (Project Management Body of Knowledge) ou o PRINCE2 (Projects IN Controlled Environments), pode fornecer uma base sólida para esta estruturação. 

 

6. Estabeleça métricas-chave de desempenho (KPIs) 

Identifique e implemente KPIs relevantes para avaliar o desempenho dos projetos. Isso pode incluir prazos, orçamento, qualidade e satisfação do cliente. 

 

7. Realize treinamentos e desenvolvimento 

Ofereça treinamentos regulares para a equipe sobre as práticas de governança, metodologias de gerenciamento de projetos e ferramentas utilizadas. Mantenha todos atualizados com as melhores práticas. 

 

8. Promova a transparência na comunicação 

Estabeleça canais de comunicação claros e transparentes. Garanta que as informações fluam de maneira eficaz entre os membros da equipe, gestores e stakeholders. 

 

9. Auditorias e revisões periódicas 

Conduza auditorias regulares para avaliar a conformidade com os processos de governança. Realize revisões pós-projeto para identificar lições aprendidas e oportunidades de melhoria. 

 

10. Incentive a cultura de melhoria contínua 

Crie um ambiente que incentive a inovação e a melhoria contínua. Encoraje a equipe a propor melhorias nos processos de governança. 

 

11. Utilize tecnologia adequada 

Implemente ferramentas de gerenciamento de projetos e colaboração para apoiar a governança. Isso facilitará o monitoramento, a comunicação e a coleta de dados para avaliação de desempenho. 

 

Ao seguir essas orientações, uma empresa pode estabelecer uma governança de gestão de projetos robusta, proporcionando uma base sólida para o sucesso consistente em suas iniciativas.

Esses padrões oferecem as melhores práticas e diretrizes que podem ser adaptadas às necessidades específicas da organização, contribuindo para a uniformidade e eficiência na gestão de projetos. 

 

Sistemas integrados de controle de projetos

A implementação de sistemas integrados de gerenciamento de projetos desempenha um papel crucial na efetividade do controle. Esses sistemas oferecem funcionalidades abrangentes para a gestão do portfólio de projetos, desde a fase de concepção até a entrega e avaliação de resultados. Eles proporcionam uma visão completa do status de todos os projetos, facilitando a identificação de problemas, alocação eficiente de recursos e a mitigação de riscos. 

Além disso, tais sistemas podem ser configurados para alinhar os projetos aos objetivos estratégicos da organização, proporcionando uma visão clara de como cada iniciativa contribui para o sucesso global. A automação de processos, a integração de dados e a geração de relatórios em tempo real são características que melhoram significativamente a eficiência operacional e a qualidade das informações disponíveis para a tomada de decisões. 

 

Vantagem adicional: utilização de incentivos fiscais

Ao integrar um sistema de controle de projetos, as organizações podem otimizar a utilização de incentivos fiscais à inovação tecnológica, principalmente a Lei do Bem, relacionados a iniciativas específicas.

A rastreabilidade eficiente proporcionada pelos sistemas permite uma documentação adequada de cada projeto, evidenciando a conformidade com os requisitos necessários para a obtenção de benefícios fiscais. Isso não apenas maximiza a economia de recursos, mas também fortalece a posição competitiva da organização no mercado. 

Portanto, o controle de projetos é um elemento vital para o sucesso organizacional, e sua efetividade é impulsionada pela estruturação sólida da governança e pela implementação de sistemas integrados. A sinergia entre esses elementos não apenas melhora a eficiência operacional, mas também proporciona uma base sólida para a maximização de benefícios, incluindo a utilização inteligente de incentivos fiscais.

Ao adotar uma abordagem integrada, as organizações podem enfrentar os desafios com mais eficácia, e posicionar-se para um crescimento sustentável a longo prazo.  

 

Parceria de ponta a ponta 

A ABGi Brasil destaca-se como uma parceira estratégica capaz de oferecer suporte abrangente às empresas, tanto na estruturação do processo de governança de controle de projetos quanto no fornecimento de soluções integradas para a gestão eficiente do portfólio de projetos.  

Estamos preparados para disponibilizar sistemas integrados, proporcionando uma gestão mais eficaz e transparente dos projetos e dos incentivos fiscais.

Alinhada a esse compromisso, oferecemos expertise em incentivos fiscais, contribuindo para que as empresas aproveitem ao máximo as oportunidades disponíveis, tanto no apoio consultivo quanto no desenvolvimento de soluções digitais.

Para dar autonomia às empresas, o time de Transformação Digital da ABGi criou o Smart Control uma plataforma que facilitará o dia a dia de quem trabalha com os incentivos fiscais para inovação. Simplificando todas as etapas do processo e potencializar os resultados. Entre em contato conosco para ver a demonstração completa da ferramenta e testar gratuitamente.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Posts Relacionados

Comentários